"Prisão de Arruda deve ser exemplo contra corrupção", afirma Lula

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Em entrevista a uma rádio em Goiânia (GO), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a prisão do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), deve servir de exemplo para toda a classe política para que crimes de corrupção não se repitam.

"Obviamente que eu fico chocado quando eu vejo as denúncias de corrupção nesse país, fiquei chocado quando aparece aquele filme do Arruda recebendo dinheiro, é uma coisa absurda a gente imaginar que no século 21 isso acontece no Brasil", afirmou.

"Agora, a prisão foi decretada pelo poder Judiciário. Ou seja, de 15 juízes, 12 ou 13 votaram pela prisão dele. O que a Polícia Federal fez foi aceitar um pedido do próprio Arruda que pediu para se entregar sem precisar sair de casa algemado. Ou seja, como também a polícia Federal não está mais disposta a fazer pirotecnia com mais ninguém, foi uma atitude correta", disse Lula.

Ouça o trecho completo:

 

Lula também rebateu as criticas do ex presidente Fernando Henrique Cardoso em relação a ministra da Casa Civil , Dilma Rousseff. "Eu acho uma falta de respeito do ex-presidente da República ficar criticando a Dilma. Primeiro que ele não a conhece. Segundo porque seria extremamente importante que ele esperasse começar a campanha, para poder vê-la fazer os debates e fazer seus julgamentos", afirmou o presidente. "A verdade é que o Alckmin não quis ele na campanha de 2006, e o Serra não o quer na campanha de 2010."

Confira o trecho onde Lula afirma que Dilma não deve responder às acusações:

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos