PT e CUT-DF entram com pedido de impeachment de Paulo Octavio

Carolina Pimentel
Da Agência Brasil
Em São Paulo

As representações do PT e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Distrito Federal protocolaram hoje (12) na Câmara Legislativa do DF pedido de impeachment do governador em exercício, Paulo Octavio (DEM).

Ele substitui o governador licenciado José Roberto Arruda, preso desde ontem (11) na superintendência da Polícia Federal (PF) por tentativa de suborno a testemunha da Operação Caixa de Pandora da PF.

Em pedidos separados, o PT-DF e a CUT-DF alegam que Paulo Octavio não pode assumir o governo do Distrito Federal porque também estaria envolvido no suposto esquema de corrupção investigado pela Operação Caixa de Pandora.

A CUT-DF pede o impeachment com base nos crimes de peculato, formação de quadrilha, crime eleitoral e improbidade administrativa.

Os pedidos foram protocolados pelos presidentes das entidades, Roberto Policarpo (PT-DF) e Rejane Pitanga (CUT-DF).

A Procuradoria da Câmara Legislativa vai analisar se os pedidos são admissíveis.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos