Oposicionistas recusam-se a participar de reunião entre Paulo Octávio e deputados distritais

Carolina Pimentel
Da Agência Brasil
Em Brasília

A bancada oposicionista na Câmara Legislativa do Distrito Federal informou, há pouco, que não vai participar da reunião de amanhã (20) entre o governador em exercício governador Paulo Octávio e os deputados distritais. Paulo Octávio convocou a reunião para discutir a crise na capital federal e tentar obter apoio para manter a governabilidade.

Os oposicionistas recusam-se a participar da discussão porque entendem que Paulo Octávio não tem condições de governar, por ser apontado como um dos envolvidos no suposto esquema de corrupção no Distrito Federal.

“A manutenção do vice-governador [Paulo Octávio] à frente do governo só vai perpetuar essa crise. Ele perdeu sustentação política”, disse o petista Paulo Tadeu. Segundo o deputado, a bancada petista vai cobrar a votação dos pedidos de impeachment de Paulo Octávio e também do governador licenciado José Roberto Arruda.

Além de Paulo Tadeu, não vão à reunião com Paulo Octávio os deputados distritais Cabo Patrício, Érika Kokay e Chico Leite, do PT, e Reguffe, do PDT.

O governador licenciado José Roberto Arruda está preso desde o último dia 11, na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, acusado de tentativa de suborno de uma testemunha do suposto esquema de pagamento de propina a deputados distritais e aliados em troca de apoio ao governo. O suposto esquema seria chefiado pelo próprio Arruda.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos