Comissão de Ética da Câmara do DF analisa pedido de cassação de oito deputados

Camila Campanerut
Do UOL Notícias

Em Brasília

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Legislativa do Distrito Federal se reúne na manhã desta quinta-feira (25) para discutir e votar os pareceres do corregedor, o deputado distrital Raimundo Ribeiro (PSDB), sobre o pedido de cassação de oito deputados distritais envolvidos na Operação Caixa de Pandora da Polícia Federal. Esses parlamentares são citados no caso de corrupção e pagamento de propinas para servidores e empresas prestadoras de serviço do DF.

Os oito distritais que devem passar por processo de cassação são Aylton Gomes (PR), Benedito Domingos (PP), Benício Tavares (PMDB), Eurides Brito (PMDB), Brunelli (PSC), Leonardo Prudente (sem partido), Rogério Ulysses (sem partido) e Rôney Nemer (PMDB).

Além dos oito deputados, o atual presidente em exercício da Casa, o deputado petista Cabo Patrício é suspeito –segundo relatório do corregedor– de favorecer a empresa do filho do ex-presidente da Câmara, o distrital Leonardo Pudente (sem partido), ao modificar um projeto de lei sobre coleta de lixo de hospitais e similares particulares. No documento preparado pelo corregedor também há recomendação de que Patrício seja processado.

A Comissão de Ética, formada para apreciar o relatório, é composta por Bispo Renato (PR) – presidente, mas que está de licença médica –, Erika Kokay (PT), Raimundo Ribeiro (PSDB), Batista das Cooperativas (PRP) e Alírio Neto (PPS).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos