Dois dos três distritais envolvidos no mensalão do DEM sinalizam que não vão renunciar

Camila Campanerut

Do UOL Notícias <br>Em Brasília

Os deputados distritais Eurides Brito (PMDB) e Leonardo Prudente (sem partido, ex-DEM) manifestaram nesta quinta-feira (25) a disposição para não renunciar ao cargo e correr o risco de perder o mandato e os direitos políticos pelos próximos cinco anos. Ambos são acusados de envolvimento no esquema do mensalão e estão sofrendo processo no Conselho de Ética da Câmara do Distrito Federal. 

A primeira a se pronunciar foi a peemedebista. Em nota, ela reforçou que vai apresentar sua defesa e que “considera justo o encaminhamento do processo que tramita na Comissão de Ética e crê que o julgamento será realizado com base em provas”.

Já a estratégia de defesa do ex-presidente da Câmara Legislativa, Leonardo Prudente, foi diferente. O parlamentar que, tem se mantido afastado dos holofotes e quase não aparece na Casa, encaminhou centenas de cartas aos que chama de “amigos de Brasília”, reconhecendo o erro e sinalizando que pretende apresentar sua defesa.

“(...) Não quero aqui menosprezar os fatos nem tampouco desqualificar as imagens. Quero apenas colocar as coisas no seu devido tempo e lugar (...)”, alega.

O deputado assume que recebeu “caixa 2 de campanha”, mas não para esta eleição, e sim para a anterior. “A repetição da imagem onde aparece recebendo recursos de campanha não contabilizados em setembro de 2006, como se fossem atuais, devo admitir, são muito fortes. Mais forte ainda a versão dada à minha participação em oração feita pelo deputado Brunelli, ocorrida em setembro de 2009 e que não tem qualquer vinculação de causa e efeito com as imagens de 2006”, explica na carta.

O deputado Júnior Brunelli (PSC), também processado pela comissão, ainda não se manifestou sobre o assunto e não respondeu aos sucessivos contatos do UOL Notícias.

Após a publicação da decisão da Comissão de Ética no Diário Oficial da Casa, que deve sair nesta sexta-feira, os três deputados devem ser notificados pessoalmente pelos relatores dos processos de quebra de decoro parlamentar. Eles terão um prazo de 30 dias para apresentar sua defesa.

Com a defesa em mãos, os relatores têm o prazo de 30 dias, prorrogáveis por mais 30, para elaborar um novo parecer que deve ser votado na Comissão de Ética e depois colocado em plenário para votação.

Leia íntegra da nota de Eurídes Brito:

A deputada Eurides Brito considera justo o encaminhamento do processo que tramita na Comissão de Ética e crê que o julgamento será realizado com base em provas. A deputada entende que num Estado Democrático de Direito ninguém pode ser considerado culpado sem amplo direito à defesa. Para ela, a instauração do processo será a oportunidade para esclarecer todos os fatos.

Assessoria de Imprensa da deputada


Leia a íntegra da carta de Leonardo Prudente:

Carta aberta aos amigos de Brasília

Prezado(a) Sr (a).,

Tomo a liberdade de lhe mandar essa carta em razão do momento político grave que estamos vivendo. O seu nome faz parte de um rol de amigos que acompanham direta ou indiretamente o nosso mandato, e certamente estão perplexos com os últimos acontecimentos políticos em nossa Capital e, em especial os que envolvem a minha pessoa.

Tenho estado em silêncio esses dias, aguardando o momento certo para apresentar minha defesa, mas quero dizer-lhe que esses têm sido dias de muita dor e sofrimento, não só para Brasília, mas também para mim, minha família e todo o nosso gabinete.

A repetição da imagem onde aparece recebendo recursos de campanha não contabilizados em setembro de 2006, como se fossem atuais, devo admitir, são muito fortes. Mais forte ainda a versão dada à minha participação em oração feita pelo deputado Brunelli, ocorrida em setembro de 2009 e que não tem qualquer vinculação de causa e efeito com as imagens de 2006.

As versões foram maldosamente apresentadas para confundir o telespectador, gerar comoção, indignação e liquidar meu mandato, minha honra e meu futuro político.

Não quero aqui menosprezar os fatos nem tampouco desqualificar as imagens. Quero apenas colocar as coisas no seu devido tempo e lugar.

Já admiti publicamente e reafirmo que errei, e estou pagando um preço muito alto, mas tenho certeza que as investigações irão revelar a verdade dos fatos e que o processo legal e a justiça serão novamente reestabelecidos.

Espero que você e sua família que possam estar desvencilhados de prejulgamentos e eu avaliem com serenidade o julgamento que setores da mídia já fizeram a meu respeito.

Não serei candidato a nenhum cargo eletivo em 2010, apenas desejo refutar os fatos inerentes a minha pessoa, colocando-os na forma verdadeira como eles ocorreram.

Oportunamente, peço minhas sinceras desculpas, pelo constrangimento que toda essa situação provocou. Espero mantê-lo informado dos próximos acontecimentos.

Atenciosamente,
Leonardo Prudente
Deputado Distrital

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos