Deputado que escondeu dinheiro nas meias envia cartas a eleitores pedindo desculpas

Priscilla Mazenotti
Da Agência Brasil
Em Brasília

Acusado de participar de um esquema de corrupção no Distrito Federal, o deputado Leonardo Prudente (sem partido) está enviando 10 mil cartas a seus eleitores pedindo desculpas por aparecer em imagens da Operação Caixa de Pandora guardando dinheiro nas meias.

As cartas são enviadas por mala-direta, com o endereço do gabinete de Prudente e o carimbo da Câmara. No texto, ele usa estratégia semelhante à do governador licenciado, José Roberto Arruda, que é a de pedir desculpas aos eleitores pelas denúncias. “Espero que você e sua família possam estar desvencilhados de pré-julgamentos e que avaliem com serenidade o julgamento que a mídia fez a meu respeito”, pede ele na carta.

Em outro trecho, Prudente ressalta que em 2010 quer trabalhar para “refutar os fatos inerentes”. E diz que o vídeo do dinheiro foi filmado em 2006, e o da oração, em 2003. “São versões maldosamente apresentadas para confundir o telespectador e gerar comoção”, informa o comunicado. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos