Mais um deputado do DF deve renunciar a mandato; carta já está pronta

Carolina Pimentel

Da Agência Brasil<br> Em Brasília

Depois da renúncia de Leonardo Prudente (sem partido) ao mandato de deputado distrital, o próximo a deixar o cargo deve ser Junior Brunelli (PSC), que aparece em vídeo orando pelo suposto dinheiro de propina recebido. A carta de renúncia de Brunelli já está pronta, mas não há confirmação se ele realmente irá apresentá-la, segundo a assessoria do parlamentar.

A Comissão de Ética da Câmara Legislativa do Distrito Federal aceitou ontem (25) a abertura dos processos de cassação de Brunelli, Leonardo Prudente, e Eurides Brito (PMDB), todos acusados de envolvimento no suposto esquema de corrupção, investigado pela Operação Caixa de Pandora.

A relatora do processo de Brunelli é a deputada Érika Kokay (PT). Ela relatou que não tem conseguido falar pessoalmente e nem por telefone com o parlamentar para notificá-lo do processo contra ele. Brunelli somente pode escapar da cassação se renunciar antes de receber a notificação.

O distrital está fora da Câmara desde janeiro devido a licença médica por conta de hipertensão, segundo a assessoria. O atestado médico vence no dia 8 de março. O regimento da Câmara não estipula prazo para a notificação. Kokay afirmou que tentará falar com parlamentar durante o final de semana.

A deputada Eurides Brito tem sinalizado que não irá deixar o cargo e enfrentará o processo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos