Lula diz que candidatura de Dilma à Presidência é tributo às mulheres

Maurício Savarese
Do UOL Notícias

Em São Paulo

Em ato de celebração do Dia Internacional da Mulher no Rio de Janeiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (8) que a decisão de sugerir a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, ao PT para ser candidata à sucessão no Palácio do Planalto é deferência àquelas que sofrem com a violência, o preconceito e à falta de condições iguais às dos homens no mercado de trabalho.

“Eu não poderia dar uma demonstração de apreço mais forte pela luta das mulheres neste país do que indicar ao meu partido e aos meus aliados uma mulher de luta”, disse Lula durante a celebração, acompanhado de Dilma, da secretária especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéia Freire, e do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). “As mulheres não devem apenas chorar as derrotas do passado, mas também comemorar as vitórias que virão no futuro.”

“Mas preparem-se porque o preconceito continua, ainda é muito forte. Uma sociedade machista como a nossa não está 100% preparada para ver mulher disputar cargo importante de prefeita, de governadora e de presidente”, disse Lula, interrompido por gritos de “Dilma, presidente”.

Lula afirmou também que "se uma mulher é capaz de parir um político, ela é capaz de parir uma administração melhor do que o político que ela botou no mundo".

Dilma afirmou que deseja ver o país capaz de “continuar com muita esperança para continuar mudando” e repetiu que “não só o Brasil está preparado para ter uma mulher presidenta, mas as mulheres também”.

A mais recente pesquisa do instituto Datafolha apontou que Dilma, apesar de ter reduzido a diferença em relação ao provável candidato tucano, o governador de São Paulo, José Serra, ainda tem dificuldades com as eleitoras. Entre as mulheres, Serra recebeu 34% das intenções de voto, enquanto Dilma recebeu 24% no cenário em que o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) participa da disputa. No primeiro turno, a petista soma 28% de intenção de voto contra 32% do tucano.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos