Skaf diz que PSB deve lançar candidatura própria ao governo de São Paulo

Elaine Patricia Cruz

Da Agência Brasil<br>Em São Paulo

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, disse hoje (10), que ainda espera uma decisão de seu partido, o PSB, para definir se será candidato ao governo de São Paulo. “Há essa possibilidade sim, mas essa decisão deverá ser tomada até o início de abril”.

Skaf disse que se for candidato ao governo paulista, deverá se licenciar do cargo na Fiesp até o final de maio, quatro meses antes das eleições. Neste caso, quem assumiria a presidência da entidade, durante os quatro meses de eleição (caso Skaf não ganhe as eleições) ou até o final do mandato (caso a campanha de Skaf seja vitoriosa) seria o atual vice-presidente Benjamin Steinbruch.

Em entrevista hoje em São Paulo, Skaf disse que seu partido pretende lançar candidatura própria a governador de São Paulo e que, no momento, o PSB não pensa em uma candidatura a vice do PT, como vem sendo cogitado pela imprensa.

“Mas é lógico que o PSB estará aberto a todos os partidos que queiram apoiá-lo e compor junto com ele. Mas não é o projeto do PSB lançar candidatura a vice”. Skaf também negou que seja intenção do partido lançar a candidatura de Ciro Gomes a governador.

“O deputado Ciro Gomes é um pré-candidato à Presidência da República. Neste momento é isso, mas a política é muito dinâmica”.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos