Arruda deve deixar prisão para fazer novos exames

Da Agência Brasil

O governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), deve deixar a Polícia Federal ainda na tarde desta quinta-feira (11) para realizar um exame de ressonância magnética no pé direito, que apresenta inchaço. No fim do ano passado, Arruda fez uma cirurgia no tornozelo e estava fazendo fisioterapia quando foi preso, há exatamente um mês.

A informação foi dada pelo médico particular do governador, Brasil Caiado, que esteve hoje na Superintendência da Polícia Federal, onde o governador está preso, para realizar um eletrocardiograma. O exame foi adiado para amanhã porque a ressonância desmagnetiza o aparelho que faz o eletrocardiograma, segundo informou o médico.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos