Líder do governo quer limitar debate sobre Bancoop à Comissão de Fiscalização e Controle

Da Agência Senado

A líder do governo no Congresso, senadora Ideli Salvatti (PT-SC), disse que todo o debate, depoimentos e apurações sobre fraudes na Cooperativa Habitacional dos Bancos (Bancoop) deve ser centralizado na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle. Ideli acusou a oposição de tentar paralisar o Senado com o tema, e de tentar trazer para dentro da Casa e das respectivas comissões temáticas um problema que nada tem a ver com suas finalidades. 

"Não podemos aceitar o que a oposição pretende, que é paralisar as atividades do Senado, trazer a campanha eleitoral cá para dentro e, para isso, sabotar a atividade legislativa, manietando as comissões temáticas", disse a senadora.

Ela lembrou que a bancada governista já conseguiu derrubar no Plenário requerimento do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), de convocação do promotor José Carlos Blat para falar sobre o tema, além de bloquer o mesmo requerimento em duas outras comissões.

A senadora disse que o Senado "não pode se transformar em delegacia de polícia", porque há temas urgentes para se votar, como o pré-sal. "O Senado não pode parar. E escândalos não faltam no país, há o mensalão do DEM em Brasília, o caso da governadora Yeda Crusius no Rio Grande do Sul, o caso do prefeito de Curitiba, Beto Richa, o caso do vice-governador de Santa Catarina. Não podemos apurar tudo isso aqui", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos