A poucos dias de deixar governo de SP, Serra vai a Minas Gerais afagar Aécio Neves

Rayder Bragon
Especial para o UOL Notícias
Em Belo Horizonte

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), aproveitou evento nesta quarta-feira (24) em Belo Horizonte para afagar o colega de partido e governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), e tentar propagar que existe afinidade entre os dois. Serra é pré-candidato do PSDB ao Planalto, condição da qual o mineiro desistiu em dezembro último. O paulista também anunciou que essa será a sua última viagem antes de se desincompatibilizar do cargo.

“É um motivo de muita satisfação, na minha última saída de São Paulo, de vir aqui a Minas Gerais e encontrar o nosso grande governador de Minas, meu amigo pessoal e meu companheiro de partido. Portanto, o Aécio tem essas três faces no que se refere ao nosso relacionamento”, disse Serra após assinatura de convênios entre os dois Estados, no Palácio Tiradentes, nova sede do governo do Estado e que fica situado na recém-inaugurada cidade administrativa.

As intenções protocoladas visam o combate à sonegação fiscal, ao crime organizado e à lavagem de dinheiro, além de questões de segurança pública tanto em Minas quanto em São Paulo. Antes das assinaturas, os dois tiveram encontro reservado, que durou trinta minutos.

A plateia, formada por prefeitos da região metropolitana de Belo Horizonte, aplaudiu os dois ao final da cerimônia. Serra ainda completou dizendo que a sua vinda reforçou simbolicamente a proximidade entre os dois governantes.

“Para mim é um motivo de muita alegria de poder ter vindo aqui dar mais uma demonstração, ao mesmo tempo simbólica e prática da nossa proximidade, dos dois Estados, e a nossa, de nós dois (.....) esse governador com quem tenho grande proximidade”, reiterou Serra.

Por sua vez, Aécio foi mais comedido, mas também elogiou, de maneira rápida, o visitante.

“Eu agradeço a generosidade da visita, apenas reiterando que são ações extremamentes importantes (.....) Por isso a minha alegria em receber o companheiro, amigo e correligionário José Serra”, afirmou o mineiro, que já havia se posicionado como um “soldado do partido” e que iria trabalhar para a vitória de Serra em Minas.

Há nove dias, o PSDB mineiro anunciou apoio total à pre-candidatura de Serra ao Planalto e a de Aécio ao Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos