Simon propõe que União recompense Estados produtores de petróleo que perderem receita

Mariana Jungmann
Da Agência Brasil

Em Brasília

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) entregou hoje (24) ao presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Demóstenes Torres (DEM-GO), emenda ao projeto de partilha dos royalties do pré-sal, que complementa a emenda do deputado Ibsen Pinheiro (PMDB-RS), aprovada na Câmara dos Deputados.

Pelo texto de Simon, a União ficaria encarregada de compensar, com recursos oriundos de sua parcela em royalties e participações especiais, os Estados e municípios que sofrerem redução de suas receitas em virtude da nova lei. “Há muito tempo a gente discute o problema da reforma tributária e nunca se conseguiu. Nessa emenda, nós podemos iniciar uma verdadeira reforma tributária”, afirmou Simon. Segundo ele, essa reforma seria feita tirando do “primo rico” - a União – e repassando aos Estados e municípios.

A proposta não convenceu os senadores contrários à emenda Ibsen, como o carioca Francisco Dornelles (PP-RJ). “Se for uma lei Kandir por petróleo, nós somos totalmente contrários. Se for uma medida constitucional automática, ou seja, parcela dos royalties para Estados e municípios produtores e outra parcela para Estados e municípios não produtores, tudo bem”, disse o senador referindo-se à lei que isenta de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) os produtos destinados à exportação.

O líder do governo na Casa, senador Romero Jucá (PMDB-RR), também não se mostrou convencido pela emenda de Simon, que chamou de proposta “papai paga”. Mesmo assim, ele evitou radicalizar. “Eu acho que todas as propostas contribuem para o debate.”
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos