Em discurso em São Paulo, Lula defende Irã e critica ONU, potências e Israel

Maurício Savarese
Do UOL Notícias
Em São Paulo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quinta-feira (25) em discurso o direito do Irã de buscar energia atômica para fins pacíficos e criticou as Nações Unidas, as principais potências e Israel criarem dificuldades para a resolução do conflito entre palestinos e israelenses no Oriente Médio.

O presidente participou da homenagem ao Dia Nacional da Cultura Árabe em São Paulo. Lula, que visitará Teerã em maio, afirmou que não deseja ver o Irã como um "novo Iraque".

O presidente afirmou que as críticas às suas viagens ao Oriente Médio desde o início do seu mandato são "fruto de subserviência". "É de tal ordem que as pessoas acham que um acordo no Oriente Médio depende só dos Estados Unidos e da Europa. Por que nós não podemos ajudar?"

Acompanhado da pré-candidata do PT à Presidência, a ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff (PT), e de seu provável adversário, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), Lula criticou as Nações Unidas por não terem tido papel mais eficiente na crise entre judeus e palestinos.

A ONU tem obrigação de trabalhar pela paz. A paz ali não é uma questão bilateral. É uma questão multilateral", afirmou o mandatário, que na semana passada visitou Israel, Cisjordânia e Jordânia.

Potências
Falando de improviso, Lula atacou os Estados Unidos e seus aliados na invasão do Iraque por terem agido motivados por duas "grandes mentiras": a suposta existência de armas químicas, nunca comprovada, e a pacificação do país. "Até agora, ninguém mostrou nada (de armas químicas) e não há sinais de que o Iraque está mais tranquilo", disse.

O presidente afirmou que se sentiu como se estivesse em uma eclusa. "Você passa de um país para o outro, sobe uma cancela, você troca de carro, não parece coisa do século 21", afirmou Lula, que criticou o muro que separa Israel dos territórios palestinos.
"Aquilo não é uma coisa nobre."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos