Prefeito de Osasco retira candidatura ao governo de São Paulo pelo PT

Maurício Savarese
Do UOL Notícias

Em Osasco (São Paulo)

O prefeito de Osasco, Emídio de Souza, anunciou nesta quinta-feira (25) que não será candidato ao governo de São Paulo pelo PT, abrindo espaço para os senadores Aloizio Mercadante e Eduardo Suplicy disputarem o cargo.

Apenas o senador Mercadante conta com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Caso Mercadante seja o candidato do PT ao governo paulista, a ex-prefeita da capital, Marta Suplicy, deve concorrer à vaga dele no Senado.

A retirada da pré-candidatura de Emídio foi feita durante inauguração de moradias hoje em Osasco. “Não sou candidato a presidente, nem a governador. Sou prefeito, com muito orgulho”, afirmou.

A candidatura de Mercadante ganhou corpo por conta da insistência do deputado Ciro Gomes (PSB-CE) em disputar a Presidência da República, e não o governo paulista, como Lula preferia.

Diferentes pesquisas de intenção de voto apontam vitória já no primeiro turno do ex-governador e secretário de Desenvolvimento de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

O titular do governo paulista, José Serra, anunciou na semana passada que será o candidato tucano à sucessão de Lula.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos