Saiba o que está em jogo com a construção da hidrelétrica de Belo Monte

Do UOL Notícias

Em São Paulo

A Justiça autorizou nesta terça-feira (20) o leilão da usina de Belo Monte, no Pará. Com isso, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) determinou a realização da disputa entre dois consórcios para um projeto estimado em pelo menos R$ 19 bilhões. O plano existe há décadas, mas somente no fim do segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva será vendida a terceira maior hidrelétrica do mundo.

Saiba o que está em jogo com Belo Monte:

Nome original: Kararaô

Custo: O governo estima R$ 19 bilhões. A iniciativa privada prevê uma quantia entre R$ 23 bilhões e R$ 30 bilhões.

Porte: Com potencial de gerar 11.233 megawatts, Belo Monte será a terceira maior hidrelétrica do mundo em capacidade instalada, atrás de Três Gargantas, na China, com 22,5 mil megawatts e de Itaipu, na fronteira Brasil-Paraguai, com 14 mil megawatts.

Onde: rio Xingu, no Pará

Consórcios: Norte Energia (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco, Construtora Queiroz Galvão, Galvão Engenharia, Mendes Junior Trading Engenharia, Serveng-Civilsan, J. Malucelli Construtora, Contern Construções e Comércio, Cetenco Engenharia e Gaia Energia) e Belo Monte Energia (Andrade Gutierrez, Vale, Neoenergia, Companhia Brasileira de Alumínio, Furnas e Eletrosul).

Início do funcionamento: 2015 (1ª fase)

Conclusão das obras: 2019

Linhas de transmissão: seis

Área alagada: 516 quilômetros quadrados

Prós: maior empreendimento hidrelétrico feito apenas pelo governo brasileiro; segundo o governo, serão criados 18 mil empregos diretos e 23 mil indiretos; desenvolvimento econômico da região amazônica; segurança energética a mais 26 milhões de pessoas; preço competitivo da energia, com teto de R$ 83 por megawatt/hora.

Contras: as duas principais empreiteiras têm dúvidas sobre a viabilidade financeira da operação; temor de que área alagada da usina prejudique mais de 20 mil pessoas, além de fauna e flora da região; Ministério Público, ambientalistas e indígenas consideram estudos ambientais incompletos; previsão de aproveitamento médio de 4.5 mil megawatts, muito abaixo do potencial de 11 mil megawatts; forte presença de estatais nos consórcios por conta da falta de garantia de interesse privado no leilão.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos