Em reunião com senadores, Lula volta a pedir pressa na votação do pré-sal

Camila Campanerut
Do UOL Notícias

Em Brasília

Durante reunião na noite desta quinta-feira (29) com senadores da base aliada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva definiu o mês de maio como limite para a votação de três dos quatro projetos relacionados ao marco regulatório do pré-sal no Senado.

“Foi um tom firme, foi um apelo porque avaliamos que o Senado e o Congresso não podem fugir da responsabilidade de dar ao país um novo marco regulatório do pré-sal”, disse o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, ao deixar a reunião.

Padilha destacou que o objetivo do governo é ter os projetos votados ainda no primeiro semestre para que na segunda metade do ano os leilões para exploração dos blocos exploratórios possam ser retomados.

Os três projetos que serão votados são a criação da empresa estatal que administrará a exploração do pré-sal, a capitalização da Petrobras e a criação de um fundo social que destinará recursos do pré-sal para fomento à ciência e tecnologia, educação, cultura e meio ambiente.

“O projeto 16, que é o da partilha com os royalties, ficará para após as eleições, mas nós nos comprometemos a votar ainda neste ano”, afirmou o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-AP).

De acordo com o senador, já há um acordo com os líderes de todos os partidos, para que votação dos projetos comece a partir da próxima semana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos