Justiça cassa mandato do presidente da Câmara de São Paulo

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Antonio Carlos Rodrigues (PR), e a suplente de vereador Edir Sales (DEM) foram declarados inelegíveis por três anos e tiveram seus mandatos cassados na 1ª Zona Eleitoral de São Paulo por doação de campanha indevida.

A decisão é do juiz Aloisio Sérgio Rezende Silveira, o mesmo que cassou os mandatos do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e da vice, Alda Marco Antônio. A defesa do prefeito apresentou recurso ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e a cassação foi suspensa.

De acordo com a sentença, Rodrigues recebeu doações irregulares da AIB (Associação Imobiliária Brasileira) e de empresas de grupos que possuem concessões do serviço público, ultrapassando a barreira considerada legal pelo juiz de 20% do valor total das doações. As representações foram feitas pelo Ministério Público Eleitoral. Cabe recurso ao TRE.

O advogado de Antonio Carlos Rodrigues, Ricardo Vita Porto, disse à Folha Online que pretende recorrer da decisão amanhã (13).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos