Sarney pede urgência para votar Ficha Limpa, mas Jucá alega falta de acordo

Camila Campanerut

Do UOL Notícias <BR> Em Brasília

Enquanto o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirma que vai entrar com requerimento de urgência para votar o projeto Ficha Limpa no Senado -- a proposta foi aprovada ontem na Câmara dos Deputados. No entanto, o líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR), afirma que ainda não há acordo para votação da proposta “a toque de caixa”.

Sarney é cobrado para aprovar "ficha limpa" com rapidez

Sarney disse ainda que também conversará com as lideranças partidárias sobre a votação da proposta.

O projeto, de iniciativa popular, foi concluído nessa terça-feira (11), com a rejeição de todos os destaques que mudavam a proposta original, após acordo entre as lideranças partidárias. Integrantes do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), rede formada por 44 entidades da sociedade civil, entregou, simbolicamente, o projeto para Sarney. “A luta é para acelerar a votação e [o projeto Ficha Limpa] valer ainda esse ano”, afirma a diretora da Secretaria Executiva do MCCE, Jovita Rosa.

Ao lado de deputados federais - entre eles, Índio da Costa (DEM-RJ) e Miguel Martini (PHS-MG) -- integrantes do MCCE entregaram a senadores um documento em defesa do Ficha Limpa, no qual estão 1,6 milhão de assinaturas, coletadas em dois anos, e mais 2 milhões de assinaturas reunidas via internet pela organização internacional Avaaz.org. “O Senado tem que discutir, tem que emendar, e da minha parte não há acordo”, disse Jucá.

A pauta do Senado está trancada por três medidas provisórias: a MP 477, que abre crédito extraordinário no valor de R$ 18,1 bilhões para ministérios; a MP 480, que também abre crédito, no valor R$ 5,7 bilhões; e a MP 475, que trata do reajuste do benefício pago aos aposentados e pensionistas. As MPs obrigatoriamente precisam ser votadas antes do projeto Ficha Limpa. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos