Aprovação do governo Lula sobe para 76,1% e bate recorde, diz CNT/Sensus

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

Pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira (17) mostra que a aprovação do governo Lula subiu de 71,5% em janeiro para 76,1% dos entrevistados e atingiu o recorde desde o início do governo petista, em 2003. A aprovação pessoal também subiu, saltando de 81,7% em janeiro para 83,7% em maio.

A parcela dos que reprovam o presidente saiu de 13,9% para 13,1% agora. O grupo daqueles que não responderam ou não sabem foi de 4,4% para 3,2%. A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Para 19,2% dos consultados na pesquisa de maio, a administração Lula foi considerada como regular. Antes, essa taxa era 22%. Já 4,4% analisaram a gestão como negativa, contra 5,8% registrado no estudo antecedente.

Para o diretor-presidente do instituto Sensus, Ricardo Guedes, a popularidade de Lula segue em elevação, refletindo a percepção da população sobre as melhorias advindas da estabilidade econômica. "Os dados sobre emprego e renda sobem e são fundamentais. Porque o que a população quer é viver bem", disse.

A CNT/Sensus mostra que a avaliação dos consultados que acharam que melhorou o emprego nos últimos seis meses saiu de 53,6%, em janeiro, para 57,8%. Em relação à renda mensal, a parcela dos que avaliaram que ela teve melhoria correspondeu a 38,3%. Em janeiro, se situava em 32,7%.

A 101ª Pesquisa de Opinião Pública abrangeu 136 municípios do país. Foram feitas 2 mil entrevistas entre os dias 10 e 14 de maio. A margem de erro é de 2,2 pontos, para mais ou para menos.

*Com informações do Valor Online e da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos