Eletrobrás e Eletronorte entram no consórcio de Belo Monte

Sabrina Craide
Da Agência Brasil

A Eletrobrás e a Eletronorte vão participar do Consórcio Norte Energia, que venceu o leilão para construir a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA). A entrada das duas empresas no consórcio foi aprovada nesta quarta-feira (19) pelo Conselho de Administração da Eletrobrás. Elas vão dividir com a Chesf, subsidiária da Eletrobrás, o percentual de 49,98% arrematado no leilão.

 No rateio, a Eletronorte ficará com 19,98%, a Eletrobras, com 15% e a Chesf, com outros 15% na Sociedade de Propósito Específico (SPE), que será criada para gerenciar a construção da usina.

 Segundo o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, a entrada da Eletrobras é justificada pela necessidade de suporte financeiro ao projeto, enquanto a Eletronorte tem o conhecimento técnico do empreendimento, pois foi a responsável pelos estudos de impacto ambiental do empreendimento,

 Também foi anunciado hoje que o consórcio quer antecipar para julho a assinatura do contrato de concessão do empreendimento, que estava previsto para setembro. Segundo o diretor de engenharia da Eletrobrás, Valter Cardeal, a intenção é antecipar a geração de energia da usina “para não ter nenhum risco de atraso”.

 Cardeal disse que o objetivo dos empreendedores é iniciar a geração de energia, que estava prevista para janeiro de 2015, para julho de 2014. Ele explicou também que o grupo pretende pedir ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) uma licença provisória só para o canteiro de obras, que permitirá o início das obras antes da emissão da licença de instalação do empreendimento.

 

Tradutor: Em Brasília

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos