Lula indica que vai vetar fim do fator previdenciário

Yara Aquino

Da Agência Brasil<br>Brasília

Ao falar hoje (20) sobre aprovação do fator previdenciário pelo Congresso Nacional, durante o encerramento da Marca a Brasília em Defesa dos Municípios, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que é preciso agir com responsabilidade. De acordo com ele, há quem pense que vai ganhar votos [nas eleições deste ano] com a aprovação da medida.

"Tem gente que acha que ganha voto fazendo isso", afirma Lula

“Vocês viram agora com a votação do fato previdenciário. Tem gente que acha que ganha votos fazendo isso. Na verdade, se o povo compreender o que significa isso, essas pessoas podem não ganhar o tanto de votos que esperam”, afirmou.

Segundo Lula, é preciso responsabilidade com os gastos para que não se quebre os cofres públicos. “Eu como presidente da República e vocês como prefeitos, a gente tem que agir com a maior responsabilidade, porque se a gente quebrar a prefeitura, o estado, quebrar o governo, a gente não recupera em um curto prazo de tempo”.

O fator previdenciário foi aprovado ontem (19) pelo Senado, a exemplo do que já havia ocorrido na Câmara. Após a votação, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (RR), disse que Lula vetaria o fim do fator previdenciário.

O fator previdenciário foi aprovado durante o governo Fernando Henrique Cardoso para evitar aposentadorias precoces e reduzir o déficit da Previdência. O cálculo leva em conta o tempo de contribuição, a idade do trabalhador e a expectativa de vida do brasileiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos