Ari Pargendler é eleito presidente do STJ

Do UOL Notícias

Em São Paulo

O pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ) elegeu, nesta terça-feira (3), por aclamação, os nomes dos ministros Ari Pargendler, para a presidência da Corte, e Felix Fischer, para a vice-presidência, informou o órgão em nota.

Sucessão de Eros Grau no Supremo pode repetir polêmica com PT

Pargendler vai acumular a presidência do STJ com a presidência do Conselho da Justiça Federal (CJF), órgão encarregado da supervisão administrativa e orçamentária da Justiça Federal de primeira e segunda instâncias.

O atual presidente do STJ, ministro Cesar Asfor Rocha, assume a diretoria geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) por ser o ministro mais antigo da Corte. O Pleno também elegeu Eliana Calmon, para a Corregedoria Nacional de Justiça, e Gilson Dipp, para a suplência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o tribunal, o processo de transição para a nova presidência já foi iniciado e se encerra em 30 dias. Logo após a eleição, o atual presidente entregou a seu sucessor um relatório com todas as informações e projetos da Corte.

Gaúcho de Passo Fundo, Pargendler integra o STJ desde 1995. Foi também ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde exerceu os cargos de corregedor-geral da Justiça Eleitoral e de diretor da Escola Judiciária Eleitoral. Já exerceu, entre outros, os cargos de procurador da República, juiz federal, juiz do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) e de coordenador-geral da Justiça Federal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos