Topo

Kassab é homem de "iniciativa" e "visão" política, diz vice de Alckmin

Fábio Brandt <br>Do UOL Notícias

Em Brasília

20/06/2011 15h34

 

O vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif, avaliou nesta segunda-feira (20) que o prefeito Gilberto Kassab se consolida como porta-voz do partido que ambos pretendem fundar, o PSD (Partido Social Democrático), por ser um homem de “iniciativa” e de “visão” política. Afif falou ao UOL Notícias após acompanhar a sabatina realizada pelo UOL e pela “Folha de S.Paulo” com o prefeito de São Paulo.

Como Kassab, Afif deixou o DEM para fundar a nova sigla. A atitude da dupla causou mal estar no governo de Geraldo Alckmin (PSDB). Entre os motivos da crise estão indicações de possível adesão do PSD ao governo Dilma Rousseff (PT) –adversária do governador paulista– e do enfraquecimento do DEM em São Paulo, já que políticos do partido aderiram ao PSD. A nova legenda, segundo Afif, representa oportunidade para “revelar novas lideranças que talvez estivessem contidas em seus partidos de origem”.

O vice-governador também elogiou Kassab ao considerá-lo “muito tranquilo” na sabatina Folha/UOL. Para ele, o prefeito acertou na forma como falou sobre os problemas da cidade de São Paulo. “[Ele transmitiu] que você pode sonhar, desde que tenha sonhos realizáveis. E isso não se faz com varinha de condão, de uma hora para outra”.

Para Saulo Queiroz, que também deixou a cúpula do DEM para fundar o PSD, Kassab se mostrou “muito centrado” durante a sabatina. “O Kassab passou convicção do que ele estava dizendo, deixou óbvio que as dificuldades de São Paulo são enormes. Nem ele, nem a Marta [Suplicy, do PT, ex-prefeita], nem Maluf [do PP, ex-prefeito] conseguem resolver isso”, afirmou Queiroz, hoje secretário-geral do PSD e coordenador da coleta das assinaturas necessárias para formalizar o partido na Justiça Eleitoral.

“Em uma cidade como São Paulo as pessoas estão sempre aborrecidas com os prefeitos. A vida diária é cheia de aborrecimentos, até para quem não tem problema de dinheiro, mas fica no trânsito”, comentou Queiroz.

Afif  e Saulo Queiroz elogiaram a realização da sabatina. “Esse tipo de iniciativa permite ir mais a fundo nos temas”, afirmou o vice-governador. “Foi uma prestação de contas propiciada pela Folha e pelo UOL para que o prefeito passasse informações para o cidadão”, disse Queiroz.

Mais Política