Topo

Irã precisa provar que seu programa nuclear tem fins pacíficos, diz ministro de Dilma

Fábio Brandt

Do UOL Notícias <br> Em Brasília

16/09/2011 07h00

O Irã ainda precisa conquistar a confiança total do Brasil e deve demonstrar à comunidade internacional que seu programa nuclear é “apenas para fins pacíficos”, afirmou o ministro Antonio Patriota (Relações Exteriores) nesta quinta-feira (15).

Patriota falou sobre o assunto no programa “Poder e Política entrevista”, conduzido pelo jornalista Fernando Rodrigues no estúdio do Grupo Folha em Brasília. O projeto é uma parceria do UOL e da Folha de S.Paulo.

>>Fotos da entrevista com Antonio Patriota.

O ministro disse que o Brasil sempre reconheceu a existência de “um problema de confiança” no Irã. Mas, segundo ele, isso não deve impedir que países se relacionem com iranianos. “Nosso engajamento é na criação de confiança. E a criação de confiança se dá pela tentativa de diálogo”, justificou.

Na entrevista, Patriota falou ainda sobre a participação da presidente Dilma Rousseff na Assembleia Geral da ONU, marcada para a próxima quarta-feira (21), sobre o caso Battisti e fez um breve balanço da “Guerra ao Terror” passados dez anos dos atentados do 11 de Setembro.

Veja vídeo com a íntegra da entrevista. A transcrição está disponível em texto.
 

Mais Política