Manifestantes se organizam para tentar nova rodada de protestos contra a corrupção

Bia Rodrigues
Do UOL Notícias

Em São Paulo

  • Alexandre Amaral/Você Manda/UOL

    Marcha contra a corrupção em setembro reuniu entre 25 mil e 30 mil pessoas em Brasília

    Marcha contra a corrupção em setembro reuniu entre 25 mil e 30 mil pessoas em Brasília

Eles já foram às ruas no dia 7 de Setembro e planejam voltar a se manifestar nesta quarta-feira (12). Unidos contra a corrupção, 11 grupos se organizam através das mídias sociais e preveem manifestações em pelo menos 27 cidades do país, incluindo São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Até o momento, cerca de 16 mil pessoas confirmaram presença no evento único criado no Facebook –mas cada Estado também tem eventos separados. “As manifestações do dia 7 de Setembro são a origem desta. É uma consolidação do que surgiu no mês passado”, afirma Carla Zambelli, membro do grupo "Varrebrasil - Contra a corrupção".

Nas manifestações ocorridas em setembro, ao menos 130 mil pessoas confirmaram participação via Facebook em diversos eventos. Perguntada se a queda no número de confirmações demonstraria um esvaziamento do movimento, Carla alega que a participação agora deve ser mais efetiva. “Na primeira vez, muitas pessoas confirmaram só para demonstrar apoio e acabaram não indo. Agora a participação será mais efetiva até pelo que foi visto em setembro. O movimento está se fortalecendo e vem crescendo." Em setembro, a marcha levou entre 25 mil e 30 mil pessoas à Esplanada dos Ministérios, em Brasília.


Junto com Décio Setti, Carla criou o "NasRuas" --que congrega outros movimentos espalhados pelo país. “No 7 de Setembro éramos vários grupos separados. Desta vez, estamos unidos e reivindicando o mesmo”, explica.

Os 11 grupos pedem o fim do voto secreto no Congresso, a adoção da Lei Ficha Limpa nas eleições de 2012 e a inclusão da corrupção como crime hediondo. “Também levantamos a bandeira de 10% do PIB para a educação porque educar é combater a corrupção”, afirma Rodrigo Montezuma, do movimento contra a corrupção de Brasília.

“Aqui em Brasília estamos reunidos hoje (segunda-feira, 10) para garantir a participação de mil estudantes secundaristas durante a marcha. Alguns deles fizeram um vídeo e postaram no YouTube. Nosso intuito é despertar a consciência política dos mais jovens. Esperamos a participação de até 30 mil pessoas”, estima Montezuma.

“Essas crianças vão para a escola e não são preparadas para o futuro. Precisamos dar melhores condições para elas se desenvolverem”, diz. “ Precisamos também ter mais transparência nos gastos públicos e facilitar a observação dos gastos pela população via internet."

Em São Paulo, os manifestantes vão se reunir às 14h no Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista . Às 15h, devem partir em direção à rua da Consolação até o Teatro Municipal, no centro da capital. Em Brasília, a concentração será no Museu Nacional às 10h. Os manifestantes vão marchar até a praça dos Três Poderes.  No Rio de Janeiro, o encontro será no Posto 4, em Copacabana, a partir das 13h, e o grupo deve caminhar até o Posto 2.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos