Topo

No Facebook, Serra diz que PSDB é 'trincheira adequada' para 'derrotar o PT'

Do UOL, em São Paulo

2013-10-01T17:05:42

01/10/2013 17h05

O ex-governador de São Paulo José Serra confirmou nesta terça-feira (1º), pelo Facebook, que permanece no PSDB e justificou a decisão ao afirmar que sua prioridade é derrotar o PT.

“A minha prioridade é derrotar o PT, cuja prática e projeto já comprometem o presente e ameaçam o futuro do Brasil. O PSDB, partido que ajudei a conceber a fundar, será para mim a trincheira adequada para lutar por esse propósito. A partir dela me empenharei para agregar outras forças que pretendem dar um novo rumo ao país”, escreveu o tucano.

 


Ontem (30), Serra esteve reunido com o senador Aécio Neves (MG), que deve ser o candidato tucano à sucessão presidencial. A decisão de permanecer na legenda foi tomada após o encontro.

Sem espaço na sigla, o ex-governador de São Paulo manteve nos últimos meses conversas com o também oposicionista PPS. O ingresso na sigla seria uma maneira de o tucano disputar a Presidência em 2014.

Ao atacar o PT pelo Facebook, Serra afirmou que “o Brasil não pode continuar vítima de uma falsa contradição entre justiça social e desenvolvimento”. “É preciso pôr fim a esse impasse, que, na verdade, acaba punindo os mais pobres, incentivando a incompetência e justificando erros grosseiros na aplicação de políticas públicas.”

Aécio divulga nota de apoio a Serra

Em nota divulgada hoje à tarde, Aécio também confirma a permanência de Serra e diz que o colega “é uma figura indispensável ao PSDB, de tal forma que sempre foi difícil para mim conceber nosso partido sem ele”, afirmou.

Em seguida, Aécio falou que deseja o protagonismo de Serra nas eleições de 2014. “O protagonismo de José Serra no processo político, agora e nas eleições presidenciais que se avizinham, é um fato absolutamente natural e desejável não apenas aos meus olhos, como aos daqueles que buscam uma alternativa ao governo petista.”

Por fim, o senador mineiro escreveu que não é o momento de definir o candidato tucano à disputa presidencial. “Ainda não é o momento de definir a candidatura presidencial do PSDB e do conjunto de forças que se dispuserem a marchar conosco. A presença de José Serra em nossas fileiras fornece a nós, tucanos, e aos partidos aliados uma opção de grande dimensão política a ser avaliada no momento e segundo critérios adequados para o sucesso da luta comum.”
 

Mais Política