PSDB adia segundo turno para escolher candidato à Prefeitura de SP

Do UOL, em São Paulo

  • Zanone Fraissat - dez.2015 / Folhapress

    João Doria e Andrea Matarazzo disputam indicação do PSDB para concorrer à Prefeitura de São Paulo

    João Doria e Andrea Matarazzo disputam indicação do PSDB para concorrer à Prefeitura de São Paulo

Em decisão tomada após reunião realizada na noite desta quarta-feira (16), a executiva municipal do PSDB decidiu, por 6 votos a 5, adiar o segundo turno das prévias da escolha do candidato tucano à Prefeitura de São Paulo para o dia 30 de abril. De acordo com a programação inicial, a votação aconteceria no próximo domingo (20).

O pedido de adiamento foi feito pelo vereador e pré-candidato à vaga Andrea Matarazzo, que propôs a nova data. "Não me parece que faz sentido fazer as prévias antes do julgamento do pedido de impugnação da candidatura do adversário", disse o político, referindo-se às representações apresentadas por Alberto Goldman e José Anibal contra o outro pré-candidato, João Doria Jr. As demandas ainda estão em tramitação.

Doria foi acusado de abuso de poder econômico e uso da máquina pública durante sua campanha pela candidatura tucana à Prefeitura de São Paulo. Na ocasião, o empresário disse que seus opositores estão querendo "ganhar no tapetão".

Primeiro turno das prévias do PSDB foi marcado por confusão

  •  

O presidente municipal do PSDB, Mario Covas Neto --que votou contrário ao adiamento--, explicou que, nesta quinta (17), haverá uma reunião da executiva estadual do partido. "Eles podem concordar e chancelar nossa decisão. Como podem também reverter o que foi decidido hoje. Ficaremos 24 horas nessa insegurança", disse.

Primeiro turno

No último dia 28 de fevereiro, 6.216 filiados ao PSDB votaram no primeiro turno. Na ocasião, o empresário João Doria Jr. teve 2.681 votos (43,13% do total). Em segundo lugar, ficou o vereador Matarazzo, com 2.045 votos (32,89%). O terceiro pretendente à candidatura, o deputado federal Ricardo Trípoli, ficou com 1.387 votos (22,31%).

Houve confusão em algumas seções de votação. No Tatuapé, houve invasão da seção, agressão e quebra de urna.

A apuração foi atribulada e só teve o resultado divulgado sete horas após o horário previsto, já na madrugada da segunda 29.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos