Temer responde novamente a Lula e diz não estar criando "atalho"

Leandro Prazeres

Do UOL, em Brasília

  • PMDB/Divulgação

    O vice-presidente da República, Michel Temer, durante a convenção do PMDB

    O vice-presidente da República, Michel Temer, durante a convenção do PMDB

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) respondeu nesta terça-feira (5) à declaração feita pelo ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na última segunda-feira (4), quando Lula disse a Temer para disputar uma eleição se quiser ser presidente. Em nota, o vice-presidente afirmou não fazer "nenhum movimento político para criar atalho algum".

Na última segunda-feira, Lula fez um discurso em São Bernardo do Campo (SP) com críticas ao vice-presidente. "Temer, você quer ser presidente? Então disputa eleição, meu filho. Vai pedir voto", disse Lula. 

A nota completa divulgada pela assessoria do vice-presidente em resposta a Lula diz o seguinte: "O vice-presidente não faz nenhum movimento político para criar atalho algum. Se o Congresso, que é um poder independente, tomar alguma decisão sobre o processo que lá tramita, os resultados estão previstos na Constituição Federal".

Ao longo dos últimos dias, Temer e Lula vêm trocando farpas por meio de discursos e notas. Na semana passada, o ex-presidente Lula disse que Temer, por ser especialista em direito constitucional, sabia que o impeachment que tramita contra a presidente Dilma Rousseff (PT) era um "golpe". "O Temer é um constitucionalista. Ele é professor de direito, ele sabe que o que estão fazendo é um golpe", disse Lula. 

Por meio de nota, Temer rebateu. "Justamente por ser professor de direito constitucional, Michel Temer tem ciência de que não há golpe em curso no Brasil."

Nesta terça-feira, o clima entre o PMDB e o PT ficou ainda mais tenso após o anúncio de que Temer se licenciou do cargo de presidente nacional da legenda. Segundo a assessoria de imprensa do vice-presidente, Temer deixou a presidência do partido para que "o senador Romero Jucá tenha condições de defender o partido dos ataques que vêm sofrendo nos últimos dias". 

Lula manda recado: 'Temer, meu filho, vai pedir voto'

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos