Suplicy deixa cargo na Prefeitura de SP e doa salário para projeto de renda mínima

Do UOL, no Rio

  • Reprodução de vídeo/UOL

    Suplicy vai tentar uma vaga na Câmara Municipal na eleição de outubro

    Suplicy vai tentar uma vaga na Câmara Municipal na eleição de outubro

O ex-senador Eduardo Suplicy (PT) deixou nesta terça-feira (5) o comando da Secretaria de Direitos Humanos para se candidatar a vereador nas próximas eleições. Antes de deixar o cargo, no entanto, ele entregou ao prefeito Fernando Haddad (PT) um cheque no valor dos salários que recebeu durante o período em que trabalhou para o município.

Segundo Suplicy, o cheque, de R$ 176. 267,67, correspondente a 12 meses de salário menos impostos e foi doado à Prefeitura para financiar um futuro programa de renda mínima na cidade. Projeto antigo do senador, o programa prevê rendimentos pagos pelo Estado de forma incondicional e igualitária a todos os cidadãos, independentemente da classe social. 

Em seu Facebook, Suplicy aproveitou para lembrar a presidente Dilma Rousseff sobre o pedido de reunião que fez ainda em 2013 para falar sobre o projeto. "Animado, o prefeito Fernando Haddad sugeriu que a presidenta Dilma me receba, o que lhe fará muito bem", escreveu.

Reprodução/Facebook
Valor entrou como "doação para formação do fundo de cidadania"

A proposta original de Suplicy, de abrangência nacional e batizada de Renda Básica da Cidadania, foi apresentada pelo então senador em 1999. Tramitou no Congresso durante 15 anos e só foi aprovada pelo Senado em dezembro de 2014, após ter passado pelo crivo da Câmara em 2011. Dilma, porém, vetou o texto.

A Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania confirmou a doação e informou que ainda não foi definido como o dinheiro, que deve dar início ao Fundo da Cidadania, será gerenciado. Suplicy defende que a conta possa receber doações de qualquer pessoa ou empresa que se interesse pelo projeto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos