Alan Marques/Folhapress

Processo de impeachment

"Houve um equívoco", diz Michel Temer sobre vazamento de suposto discurso

Do UOL, em Brasília

O vice-presidente Michel Temer convocou jornalistas no fim da tarde desta segunda-feira (11) para explicar o áudio de sua autoria que vazou horas antes e na qual ele fala como se o impeachment de Dilma Rousseff já tivesse sido aprovado.

"Eu falava com vários companheiros e, naquele momento, me perguntaram se eu já estava preparado para a eventualidade daquilo que viesse acontecer no próximo domingo e que, seguramente, exigiria uma manifestação minha", explica.

Temer conta que gravou o áudio com o que imagina que poderia dizer. "Quando resolvi mandar a gravação para um amigo, houve um equívoco e foi para um grupo que acabou divulgando", acrescentou.

"Reitero que aquilo que disse seria exatamente o que eu fiz no passado e continuarei a fazer dependendo do que acontecer no dia 17", concluiu.

No áudio, Temer faz um discurso de 15 minutos que chama de um "pronunciamento à nação". Ele diz que decidiu falar "agora, quando a Câmara dos Deputados decide por uma votação significativa declarar a autorização para a instauração de processo de impedimento contra a senhora presidente".
 

Temer fale em descrédito no país e em "novos" investimentos

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos