Marcela assumirá funções sociais se impeachment for confirmado, diz Temer

Do UOL, em São Paulo

  • Bruno Poletti/Folhapress

Em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, na noite deste domingo (15), o presidente interino Michel Temer afirmou que sua mulher, Marcela Temer, assumirá funções na área social se ele assumir a Presidência efetivamente em 180 dias, no caso de a presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), sofrer o impeachment.

Temer citou na entrevista que Marcela é bacharel em direito e disse que, se ele for efetivado presidente do país, a família, que mora em São Paulo, deve se mudar de vez para Brasília.

Enquanto Temer falava na TV, várias cidades registraram panelaços e protestos.

Apesar de ter aparecido ao lado do marido nas duas cerimônias de posse da presidente Dilma, em 2011 e 2015, Marcela ainda não apareceu publicamente com Temer desde que ele assumiu o posto mais alto da República, na manhã desta quinta.

A primeira-dama não é considerada integrante da administração federal e nem recebe salário.

Tradicionalmente, até o governo de Fernando Collor (1990-1992), as mulheres dos presidentes cuidavam da assistência social.

Rosane Collor foi a última presidente da antiga LBA (Legião Brasileira de Assistência), órgão público fundado em 1942 pela então primeira-dama Darci Vargas (mulher de Getúlio Vargas) para ajudar as famílias dos soldados enviados à 2ª Guerra Mundial.

A LBA foi extinta no primeiro dia de Fernando Henrique Cardoso como presidente, em 1995. Ruth Cardoso, sua mulher, foi a criadora e presidente do programa Comunidade Solidária, que deu origem aos programas sociais no governo do marido.

Dona Marisa Letícia da Silva, mulher de Lula, participou das campanhas eleitorais do marido, mas não assumiu nenhuma função durante os dois mandatos dele na Presidência (de 2003 a 2010). (*Com informações de Gustavo Maia, do UOL no Rio).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos