Cármen Lúcia, Toffoli e Gilmar vão a Porto Alegre para velório de Teori

Leandro Prazeres

Do UOL, em Brasília

  • Roardo Botelho - 5.mai.2016/ Brazil Photo Press/ Estadão Conteúdo

    A ministra Cármen Lúcia

    A ministra Cármen Lúcia

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, embarca na tarde desta sexta-feira (20) para Porto Alegre, onde o corpo do ex-ministro da Corte Teori Zavascki será velado. A informação foi confirmada pela assessoria da ministra. Cármen Lúcia deverá ficar em Porto Alegre até o enterro de Zavascki, cuja data ainda não foi divulgada. Ela vai à capital gaúcha em um voo da FAB (Força Aérea Brasileira).

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do STF, além de Cármen Lúcia, também estão confirmadas as idas dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli a Porto Alegre.

Zavascki morreu na quinta-feira (19) após o avião em que ele e outras quatro pessoas viajavam ter caído no mar, em Paraty (RJ). Ele viajava de São Paulo para a cidade fluminense. Além dele, morreram o piloto Osmar Rodrigues, o empresário Carlos Alberto Filgueiras, a massoterapeuta Maíra Panas e sua mãe, Maria Panas.

Cármen Lúcia foi à sede do STF na manhã desta sexta-feira, mas não se pronunciou sobre a morte do colega. Na quinta, ela disse que ainda não sabia o que ocorreria com a Operação Lava Jato após a morte do colega.

Desde 2015, Teori era o relator dos processos da Operação Lava Jato envolvendo investigados com foro privilegiado. Ele se preparava para homologar as delações premiadas de ao menos 77 executivos da Odebrecht. A homologação das delações estava prevista para fevereiro.

A morte de Teori interrompeu audiências relacionadas às delações da Odebrecht previstas para essa sexta-feira. A expectativa é de que a indefinição em torno de quem irá assumir os processos da Lava Jato vá causar atrasos na condução da operação.

O corpo de Teori Zavascki será velado na sede do TRF 4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), onde ele também atuou antes de passar pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) e ser nomeado ministro do STF.

Ao longo da manhã, Cármen Lúcia recebeu uma ligação da ex-ministra do STF Ellen Gracie. Segundo a assessoria da presidente da Corte, Ellen Gracie expressou suas condolências em relação à morte de Zavascki. Mais cedo, a ex-ministra, que está em Brasília, se encontrou com o presidente Michel Temer (PMDB).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos