De policiais a índios, Congresso foi alvo de nove tentativas de invasão desde 2013

Colaboração para o UOL, em Maceió

  • Laycer Tomaz - 17.jun.2013/Câmara dos Deputados

    Nas chamadas "Jornadas de Junho" de 2013, manifestantes subiram na marquise do Congresso

    Nas chamadas "Jornadas de Junho" de 2013, manifestantes subiram na marquise do Congresso

Desde as jornadas de junho de 2013, manifestantes já tentaram ou invadiram áreas internas e externas do Congresso em ao menos nove oportunidades. Em três casos houve feridos, e em outros ocorreu danos ao patrimônio.

Relembre as manifestações:

17/06/2013

Manifestantes que participavam de um protesto por mais recursos para educação, saúde, passe livre e contra gastos públicos para a Copa de 2014 invadiram a área externa do Congresso. Duas pessoas foram detidas. O Senado encerrou as atividades por conta do protesto. Naquele dia, atos ocorreram simultaneamente em várias outras cidades do país. Após serem contidos por um cordão de isolamento da PM, dezenas de manifestantes conseguiram furar o bloqueio e invadiram a área externa do Congresso Nacional, em Brasília, aos gritos de "a-ha, u-hu, o Congresso é nosso"

20/08/2013

Sergio Lima - 20.ago.2013/Folhapress
Plenário da Câmara foi invadido em ato pela votação da PEC 300

Neste dia, policiais que defendiam a votação da PEC 300 (que criaria o piso nacional para policiais e bombeiros) invadiram o Plenário da Câmara durante a votação de uma outra Medida Provisória. No embalo, manifestantes contrários e favoráveis aos vetos do projeto do ato médico também entraram no plenário A ocupação durou cerca de meia hora.

02/10/2013

Joel Rodrigues/Frame/Estadão Conteúdo
Índios tentaram entrar na Câmara dos Deputados; vidros e porta foram quebrados

Em outubro, foi a vez dos índios tentarem invadir o Congresso. Eles queriam o arquivamento da PEC 215/00, que submete a demarcação de terras à aprovação do Congresso. A ação foi contida por policiais legislativos. Um índio e um vigilante ficaram feridos. No dia, o então presidente em exercício da Câmara, André Vargas (PT-PR), debateu com uma comissão com 25 índios para discutir as reivindicações das comunidades, cessando o protesto.

27/05/2014 

Alan Marques/Folhapress
Índios sobem na marquise do Congresso em 2014

Após um ato em frente do STF (Supremo Tribunal Federal), cerca de 300 índios invadiram a marquise do Congresso. Representantes de 100 etnias cobraram do governo federal a demarcação de terras. Também protestavam contra a PEC que tira do Executivo a prerrogativa de fazer a demarcação e passa ao Legislativo. A Polícia apenas acompanhou o ato e não houve confronto ou feridos.

16/12/2014

Uma tentativa de invasão acabou com um policial militar atingido por uma flecha. Outros dois policiais também ficaram feridos após serem atingidos por pedradas. Um quarto levou uma pancada na cabeça, dada com um pedaço de madeira. O grupo de índios protestou contra a PEC que trata da demarcação das terras indígenas.Os índios, porém, foram contidos pelos PMs, que evitaram a ocupação.

16/11/2015

Pedro Ladeira - 16.nov.2015/Folhapress
Grupo que defendia o impeachment de Dilma Rousseff entrou em confronto com a polícia

Uma pessoa foi presa durante protesto de manifestantes contrários à ex-presidente Dilma Rousseff e que tentaram invadir o Congresso. Um grupo pró-impeachment, que estava acampado havia quase um mês no gramado em frente ao Congresso, entrou em confronto com a Polícia Legislativa, que usou gás de pimenta. A PM foi acionada e formou um cordão na rampa de acesso ao prédio, evitando a invasão. Por alguns minutos, o acesso de carros chegou a ser bloqueado.

16/11/2016

Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Manifestantes a favor da intervenção militar invadem plenário da Câmara

Manifestantes que pediam intervenção militar e apoiavam o juiz Sergio Moro invadiram o plenário da Câmara. Com palavras de ordem, eles cantaram o Hino Nacional. A ocupação ocorreu instantes antes de uma sessão extraordinária, e foi preciso a polícia intervir. Um vidro chegou a ser quebrado durante o empurra-empurra. A Câmara fez um boletim de ocorrência sobre o caso.

08/02/2017

Na primeira tentativa de invasão este ano, cerca de 300 policiais civis que protestavam contra a reforma da Previdência e tinham audiência marcada tentaram invadir o Salão Verde da Câmara. Eles entraram em confronto com policiais legislativos. O presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) chegou a dizer que um dos manifestantes sacou uma arma na confusão. Foi necessário usar gás de pimenta, que fez com que manifestantes, funcionários e jornalistas sofressem os efeitos do gás.

18/04/2017 

André Dusek/Estadão Conteúdo
Protesto contra reforma da Previdência teve quebra-quebra

Um grupo de sindicalistas do setor de segurança pública tentou invadir o Congresso em protesto contra a reforma da Previdência. A confusão durou uma hora, e o grupo quebrou vidraças para tentar entrar no Congresso pela área conhecida como chapelaria. A Polícia Legislativa conteve os manifestantes com homens munidos de escudos e spray de pimenta.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos