Reforma trabalhista

Defensor da monarquia é agredido e expulso de ato do Dia do Trabalho no Rio

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, no Rio

  • Hanrrikson de Andrade/UOL

    Rodrigo Dias, defensor da monarquia, agredido em ato de 1º de Maio no Rio

    Rodrigo Dias, defensor da monarquia, agredido em ato de 1º de Maio no Rio

Uma briga entre manifestantes provocou correria durante o ato do Dia do Trabalho, nesta segunda-feira (1º), na praça da Cinelândia, centro do Rio de Janeiro.

Defensor da monarquia, o médico Rodrigo Dias, 35, foi agredido a socos e pontapés por um grupo de pessoas mais exaltadas. Ele estava com uma bandeira imperial e chegou a discutir com o público antes de ser hostilizado.

Ao UOL, o médico relatou não saber precisamente como a confusão começou. Segundo testemunhas, por conta das cores da bandeira, ele pode ter sido confundido com um integrante do MBL (Movimento Brasil Livre). "Teve um momento em que eu levantei a bandeira e o rapaz já começou a me agredir. Não sei exatamente o motivo, mas eles disseram que eu tinha que sair. Eu disse que não ia sair", contou. "A bandeira do império não tem nada a ver com a bandeira do MBL."

Não houve intervenção policial durante a confusão. Rodrigo foi retirado do local e escoltado por outros manifestantes que presenciavam a cena. Ele teve que se refugiar no saguão de um hotel na rua Senador Dantas, próximo à Cinelândia, para escapar das agressões. O médico teve a blusa rasgada e ficou com alguns arranhões pelo corpo. Durante a fuga, uma garrafa de cerveja foi lançada em direção à Rodrigo e por pouco não o atingiu.

O ato em comemoração ao Dia do Trabalho e também contra as reformas defendidas pelo governo federal começou no Rio por volta das 11h. Vários representantes de sindicatos e entidades de classe ocupam a praça da Cinelândia, além de movimentos sociais e políticos de esquerda. Com exceção da briga entre esses manifestantes, não houve outros casos de tumulto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos