Deputado tucano pede que PSDB seja coerente e saia da base do governo Temer

Do UOL, em São Paulo

O PSDB vive atualmente um racha sobre a permanência ou não na base aliada do governo Temer. Em entrevista ao blogueiro e jornalista do UOL Leonardo Sakamoto, o deputado estadual Carlos Bezerra Junior (PSDB-SP) defendeu que o partido deixe de apoiar o presidente da República.

Atual presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de São Paulo, Bezerra, que está em seu segundo mandato, justifica sua decisão no fato de que tanto o presidente Michel Temer quanto vários de seus ministros são alvos de denúncias "gravíssimas", como ele enfatizou.

O deputado lembrou que o PSDB é o autor da ação que virou julgamento no TSE para apurar irregularidades na chapa Dilma/Temer na eleição de 2014. Na avaliação do deputado, a legenda tucana precisa mostrar coerência e desembarcar de um governo que ela mesma denunciou.

Veja abaixo a íntegra da entrevista de Carlos Bezerra Junior e das outras conversas comandadas por Leonardo Sakamoto nesta segunda, entre elas com o também jornalista Juca Kfouri e com o advogado e especialista em direito eleitoral Fernando Neisser.

Deputado tucano critica polarização e diz que partidos se transformaram

Juca Kfouri compara Temer a presidente da CBF: "ele está sendo ridículo"

Advogado diz o que esperar do julgamento da chapa Dilma/Temer no TSE

Doria e Bolsonaro ganham força pelo antipetismo, analisa cientista político

Jornalista traça comparação entre Temer e ex-presidente americano Nixon

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos