PT cria "cartilha" com orientações para diretórios rebaterem condenação de Lula

Do UOL, em São Paulo

  • Nacho Doce/Reuters

    Lula em coletiva de imprensa após condenação do juiz Sergio Moro

    Lula em coletiva de imprensa após condenação do juiz Sergio Moro

O PT divulgou na noite desta quinta-feira (13) uma cartilha com orientações aos diretórios, em razão da condenação do seu maior líder, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato.

Entre as medidas está divulgar amplamente todos os materiais que serão produzidos pela Secretaria de Comunicação do partido, Instituto Lula e demais organizações em defesa do ex-presidente, "de forma a restabelecer a verdade dos fatos".

A militância foi convocada a entrar em estado de mobilização e vigília permanente e articular junto a movimentos sociais e de esquerda, como as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, ações em defesa da democracia e do líder petista, em todas as cidades.

"Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara", diz ex-presidente

Os diretórios do PT também estão incumbidos de pautar vereadores, deputados e senadores a ocupar as tribunas das referidas Casas e discursar, tendo como referência a nota oficial do partido e a dos advogados de defesa de Lula.

Ambos os documentos afirmam que o julgamento feito pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal do Paraná, não tem provas e foi político, com o objetivo de impedir o ex-presidente de concorrer novamente às eleições em 2018.

Assista à íntegra do discurso de Lula após condenação por Moro

O comunicado classifica a sentença de Moro contra Lula de "injusta e abusiva", e diz que o ex-presidente se reunirá nesta sexta (14) com a direção do PT para novas ações. O local e o horário do encontro não foram informados.

"A Executiva Nacional do PT encontra-se permanentemente mobilizada e orientará constantemente o conjunto do partido a respeito das mobilizações convocadas em defesa da verdade e da democracia", diz o comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos