"Se a oposição obstruir, não vai acontecer", diz Padilha sobre votação

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

  • Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta terça-feira (1º) que se a oposição decidir obstruir a sessão no plenário da Câmara, marcada para esta quarta (2), para analisar a denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, não haverá a votação da peça.

"Se a oposição obstruir, não vai acontecer [a votação]. Nós sabemos que temos em vigor a decisão da CCJ. Qual a decisão? Pela rejeição da denúncia. Então, estamos tranquilos. A oposição tenta inverter o resultado e terá que colocar quórum e colocar os 342 votos", afirmou.

Segundo o ministro, o governo acredita que deverá contar com 342 deputados presentes no painel. A dúvida é se todos estarão no momento da votação, falou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos