PUBLICIDADE
Topo

Política

Leilão de 81 imóveis de Youssef arrecada quase R$ 9 milhões

Além de apartamentos no interior paulista, cotas em hotel de Salvador (foto) também foram leiloadas - Divulgação
Além de apartamentos no interior paulista, cotas em hotel de Salvador (foto) também foram leiloadas Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

03/11/2017 13h22

Apreendidos pela Operação Lava Jato, 81 imóveis do ex-doleiro Alberto Youssef foram a leilão e vendidos por um total de R$ 8,9 milhões.

Pelos 73 apartamentos do Hotel San Diego Express Aparecida, localizado na cidade de Aparecida (SP), a cerca de 170 quilômetros da capital paulista, foram pagos R$ 8,4 milhões.

Já por oito cotas de apartamentos no hotel Connect Smart, em Salvador, foram arrecadados R$ 450 mil.

Essa foi a segunda tentativa de vender os imóveis. No primeiro leilão, que começou em setembro e foi até meados de outubro, apenas um imóvel foi vendido, pelo lance de R$ 120 mil.

O leilão foi reaberto com descontos de até 50%. Os imóveis foram leiloados por metade do valor da avaliação judicial. As cotas no hotel em Salvador variaram de R$ 54,2 mil a R$ 58,2 mil. Já os apartamentos de Aparecida (SP) foram comprados por valores entre R$ 63 mil e R$ 132 mil.

No despacho em que determinou o leilão, o juiz federal Sergio Moro diz que a arrecadação com a venda será depositada em juízo até nova decisão. O texto também recordava que, no acordo de colaboração, Youssef renunciou seus direitos sobre os bens.

No ano passado, um outro leilão com bens do doleiro já havia arrecadado cerca de R$ 4,2 milhões.

Condenado a mais de 110 anos de prisão em processos na Lava Jato, o ex-doleiro cumpre pena em regime aberto.

Em março, Youssef, com tornozeleira, passou ao regime domiciliar

redetv

Política