Sindicalista baleado em acampamento pró-Lula no PR deixa UTI e vai para o quarto

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    29.abr.2018 - O sindicalista Jefferson Menezes, baleado no pescoço em ataque a tiros contra o acampamento montado em Curitiba para apoiar o ex-presidente Lula

    29.abr.2018 - O sindicalista Jefferson Menezes, baleado no pescoço em ataque a tiros contra o acampamento montado em Curitiba para apoiar o ex-presidente Lula

O sindicalista Jeferson Lima de Menezes, que foi baleado no sábado (28) durante um ataque a tiros contra o acampamento Marisa Letícia, em Curitiba, deixou a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) nesta segunda-feira (30) e foi transferido para um quarto da enfermaria do Hospital do Trabalhador, na capital paranaense. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, ele está acordado e seu estado permanece estável.

O homem de 39 anos participava da vigília em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso pela Operação Lava Jato desde o dia 7 de abril, quando foi atingido por um tiro de raspão no pescoço. Jeferson deve ser ouvido pela polícia assim que tiver alta do hospital.

Imagens de câmera de segurança registraram o momento em que um homem atirou contra o acampamento. O autor dos disparos ainda não foi identificado e outras testemunhas, além de Jeferson, serão ouvidas. Uma mulher também foi ferida no ombro durante o ataque, sem gravidade.

Segundo Felix de Barros, diretor da Federação dos Trabalhadores de Transporte do Estado de São Paulo, Jeferson tem quatro filhos, um deles em tratamento para combater um câncer.

O acampamento pró-Lula ficava em torno do prédio da Polícia Federal, onde Lula está preso há três semanas, mas mudou de lugar --a cerca de um quilômetro-- no último dia 17 por determinação judicial.

Esse foi o segundo atentado contra apoiadores do ex-presidente Lula este ano. No dia 27 de março, dois ônibus que acompanhavam o ex-presidente durante caravana petista pelo Sul foram atingidos por tiros no interior do Paraná. Na ocasião, dois tiros perfuraram a lataria de um dos três veículos na Rodovia PR-473, entre os municípios de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no oeste do Estado. Ninguém se feriu. Lula estava no terceiro ônibus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos