PUBLICIDADE
Topo

Política

Justiça autoriza Luiz Estevão a receber visita de netos na Papuda

O ex-senador Luiz Estevão (à esq.) chega para depoimento na Polícia Federal - 28.out.2014 - Danilo Verpa/Folhapress
O ex-senador Luiz Estevão (à esq.) chega para depoimento na Polícia Federal Imagem: 28.out.2014 - Danilo Verpa/Folhapress

Do UOL, em Brasília

22/12/2018 17h24

A Justiça do Distrito Federal autorizou que três netos do empresário e ex-senador Luiz Estevão possam visitá-lo na cadeia da Papuda, onde está preso desde a condenação por fraudes nas obras do TRT-SP (Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo).

O ex-senador foi condenado a 31 anos de prisão pelo desvio, na década de 1990, de R$ 169 milhões na execução da obra da sede do TRT-SP.

A decisão, da juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do DF, afirma que apesar de a lei permitir a visita de menores de idade apenas se forem filhos dos detentos, cada caso deve ser analisado individualmente. A juíza cita na decisão ao menos cinco casos semelhantes em que as visitas de parentes menores de idade foram autorizadas.

Segundo a decisão, um dos motivos para autorizar a visita foi o de que os netos de Estevão estarão acompanhados dos pais. A decisão, da última quarta-feira (19), permite uma visita única, a ser realizada no mês de dezembro, nos dias regulares de visitas na Papuda.

Os netos de Estevão que poderão visitá-lo possuem 4, 3 e 1 ano de idade, além do caçula, de oito meses. O mais novo ainda não conheceu o avô. 

Política