Topo

Bolsonaro parabeniza Rota por ação que deixou 11 suspeitos mortos em SP

Leonardo Martins

Do UOL, em São Paulo

04/04/2019 14h20

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) parabenizou nesta tarde em seu Twitter uma ação da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) que deixou mortos ao menos 11 suspeitos de participar de uma tentativa de assalto na Grande São Paulo.

"Parabéns aos policiais da ROTA (PM-SP) pela rápida e eficiente ação contra 25 bandidos fortemente armados e equipados que tentaram assaltar dois bancos na cidade de Guararema e ainda fizeram uma família refém. 11 bandidos foram mortos e nenhum inocente saiu ferido. Bom trabalho!", escreveu o presidente.

Segundo a PM, uma tentativa de roubo a caixas eletrônicos dos bancos Banco do Brasil e Santander em Guararema, cidade da região metropolitana de São Paulo, terminou em troca de tiros com a polícia. Ainda de acordo com a corporação, ao menos 25 criminosos armados estavam envolvidos - um foi preso e 11 morreram.

A ação também foi elogiada pelo governador do estado, João Doria (PSDB), que também afirmou que os policiais que atuaram serão condecorados.

"Bandidos que usam escopetas, fuzis e metralhadoras não saem para passear, saíram para assaltar e fazer vítimas, estão de parabéns os policiais que agiram e colocaram no cemitério mais 10 bandidos", afirmou Doria em entrevista à Rádio Bandeirantes. Um 11º morreu no hospital depois.

A quadrilha já vinha sendo monitorada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do MP-SP (Ministério Público de São Paulo). A promotoria, então, alertou a PM, que designou a Rota para fazer o monitoramento da região.

Ao UOL, o MP informou que as investigações sobre a ocorrência são sigilosas e continuam em andamento. O governador concederá uma entrevista coletiva sobre a ação durante a tarde de hoje.

Mais Segurança pública