Topo

Bolsonaro passa bem e inicia fisioterapia hoje, diz boletim médico

do UOL, em São Paulo

09/09/2019 10h38

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi submetido à avaliação médica no hospital Vila Nova Star nesta manhã, um dia após a cirurgia para a correção de uma hérnia incisional. De acordo com o boletim, Bolsonaro "encontra-se estável, sem dor, afebril e com boa evolução clínico-cirúrgica".

O boletim ainda diz que o presidente vai começar hoje a fisioterapia motora, que possibilitará a ele sentar-se na poltrona e fazer uma caminhada pelo corredor.

A partir de agora, foi liberada a Bolsonaro uma dieta líquida. "Ele comeu pelo menos 3 potes de gelatina, tomou chá, caldo ralo sem nenhum tipo de intercorrência da parte da dieta dele", declarou Antonio Antonietto, diretor geral do hospital.

As visitas estão restritas até o momento. "A informação que o doutor Antonio Luiz Macedo me passou é que, neste primeiro momento, ele precisa falar pouco, caminhar mais para que os movimentos peristálticos retornem de maneira natural e sem dor", completou ele.

A previsão de alta - de cinco dias - está mantida."O presidente, é da natureza dele estar ativo o mais rápido possível. A evolução está sendo positiva e ele se mostra disposto a iniciar o trabalho de condução do poder executivo, embora ainda tenhamos o Hamilton na presidência", declarou o general Rêgo Barros, porta-voz oficial da Presidência, em entrevista coletiva hoje.

O hospital destinou uma ala para a família do presidente e para ele, caso ele decida trabalhar. "Continuamos com o presidente em exercício (Mourão) atá quinta-feira. O presidente (Bolsonaro) jamais vai deixar de trabalhar mesmo que tenha restrições", completou Barros.

Diretor de hospital explica orientações médicas em recuperação de Bolsonaro

UOL Notícias

Ainda segundo o porta-voz, hoje o presidente "postou um vídeo assistindo a um de seus programas preferidos [em referência ao Chaves] e ontem viu o jogo do Botafogo".

Bolsonaro já recebeu a visita do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e há a expectativa de que o vice Mourão vá ao hospital hoje.

Mais Política