PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Frota diz que Bolsonaro tem coronavírus: 'Se estiver errado, me processe'

16.ago.2019 - O deputado federal Alexandre Frota durante sua filiação ao PSDB - Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo
16.ago.2019 - O deputado federal Alexandre Frota durante sua filiação ao PSDB Imagem: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

27/03/2020 11h15Atualizada em 27/03/2020 11h46

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) afirmou, sem apresentar provas, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está infectado pelo coronavírus.

Em publicação nas redes sociais hoje, Frota desafiou o presidente a mostrar o resultado dos exames que fez para detectar o vírus e disse que Bolsonaro poderia processá-lo se estiver errado.

Além disso, o deputado declarou que Bolsonaro "cometeu crime" ao participar de manifestações em favor do governo em 15 de março, quando tirou fotos e apertou a mão de apoiadores, e "mentiu para o povo".

"Bolsonaro faz assim, eu estou afirmando que você pegou coronavírus e cometeu crime ao participar das manifestações e mentiu para o povo. Se estou errado, apresente o exame (verdadeiro) e me processe. Diga que estou errado", escreveu Frota.

Resultado divulgado em redes sociais

Bolsonaro fez o teste para detectar o coronavírus ao menos duas vezes, após membros da comitiva que estiveram com ele nos Estados Unidos serem diagnosticados com covid-19.

Nas duas ocasiões, o próprio presidente informou em suas redes sociais que os resultados deram negativo, mas se negou a mostrar os laudos médicos.

A postura de Bolsonaro difere da adotada por outros líderes, como o presidente norte-americano, Donald Trump, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que apresentaram o resultado negativo em público.

Oposicionistas acusam Bolsonaro de não ser transparente e pedem para que os exames originais sejam divulgados.

Coronavírus