PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro furou isolamento e foi a churrasco com Amado Batista ontem

O presidente Jair Bolsonaro com o cantor Amado Batista e o ex-senador Wilder Morais durante a quarentena - Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro com o cantor Amado Batista e o ex-senador Wilder Morais durante a quarentena Imagem: Reprodução

Carla Araújo

Colunista do UOL, em Brasília

31/05/2020 13h38

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mais uma vez desrespeitou as medidas de isolamento social e compareceu a um churrasco em Goiás, na manhã de sábado (30). Vídeos e fotos que circulam nas redes sociais mostram o presidente ao lado do cantor Amado Batista. O local do evento não foi confirmado.

Nas imagens, é possível ver dezenas de pessoas sem máscaras de proteção aglomeradas próximas umas às outras em mesas. Em um dos vídeos, Bolsonaro está sentado ao lado de Amado Batista, que toca violão. Nas imagens, o presidente brinca com os presentes e dá uma gargalhada, mas não é possível identificar o que foi dito.

O ex-senador Wilder Morais, hoje secretário de Indústria, Comércio e Serviços de Ronaldo Caiado (DEM) no governo de Goiás, também presente ao evento, postou fotos com o presidente nas redes sociais e agradeceu a Amado Batista por viabilizar o encontro.

"Muito obrigado ao compadre Amado Batista por me proporcionar o 5° encontro com o presidente Jair Bolsonaro em sua fazenda. No ótimo papo da manhã deste sábado, agradeci ao PR por prestigiar Goiás com sua presença e a mim com sua amizade, que é recíproca: eu o apoiei nos dois turnos", escreveu Morais.

Apoiador de Bolsonaro, Amado Batista mantém uma relação próxima com Bolsonaro. Em abril de 2019, o cantor visitou o Palácio do Planalto e gravou um vídeo em apoio ao governo. Em julho, Bolsonaro retribuiu a visita e compareceu a um almoço na fazenda do cantor, em Goiás, ao lado do governador Ronaldo Caiado. Na ocasião, o cantor chegou a interpretar uma canção em homenagem à primeira-dama Michelle.

Encontro com apoiadores

Neste sábado, Bolsonaro usou um helicóptero para ir a Goiás. Ao lado do deputado federal Major Vitor Hugo (PSL-GO), líder do governo na Câmara, e do ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura), foi até a cidade de Abadiânia, onde conversou com pessoas nas ruas, parou para tirar fotos e comeu numa lanchonete. O presidente não utilizou máscara ao cumprimentar apoiadores e chegou a carregar uma criança que pediu para tirar uma foto com ele.

Bolsonaro ainda visitou o Comando de Operações Especiais do Exército de Goiânia e uma ação de combate ao tráfico de drogas realizada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-060. Em ambos os encontros Bolsonaro abraçou e posou para fotos com os agentes sem máscara.

Política