PUBLICIDADE
Topo

Política

Doria nega fechamento do comércio em São Paulo após as eleições

Doria nega fechamento do comércio em São Paulo após as eleições  - DEYVID EDSON/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Doria nega fechamento do comércio em São Paulo após as eleições Imagem: DEYVID EDSON/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/11/2020 22h11

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), negou que o comércio no estado vá fechar após as eleições municipais que acontecem neste domingo (15). Em vídeo publicado nas redes sociais na noite de hoje, Doria chamou a notícia de que o estado endureceria as medidas de combate à pandemia após as eleições de "fake news".

"Meu repúdio aos que espalham esse tipo de mentira na tentativa de prejudicar nossa gestão ou fazer um golpezinho às vésperas da eleição", falou Doria, completando que São Paulo tem lidado de forma "transparente" no combate à covid-19.

O governador também afirmou que a pandemia está "sob controle" no estado e que a gestão da pandemia é feita seguindo a "pauta da ciência e da medicina".

"É a saúde que determina o que nós temos que fazer aqui, nós não agimos por pressão política ou por outros interesses", afirmou. "A prioridade é a vida, é o maior valor que nos temos. Esqueça as fake news", finalizou Doria.

Nessa semana, hospitais particulares em São Paulo apresentaram um salto nas internações por covid-19, segundo noticiou a Folha de S.Paulo. A infectologista Chrsitina Fallafrio Novaes, médica do Hospital das Clínicas, fez um apelo para que as classes A e B no estado se conscientizassem após alta nas hospitalizações por decorrência do coronavírus.

Em entrevista coletiva realizada ontem, o Governo de São Paulo negou que haja aumento nas internações hospitalares na cidade.

Em todo o Brasil, 523 novas mortes foram registradas hoje, e os dados de óbitos em São Paulo não foram apresentados. O Ministério da Saúde admitiu que pode ter sido alvo de um ataque hacker na semana passada. Nos últimos dias, os estados vêm relatando problemas para o registro das informações. Além de SP, o Paraná também não registrou o número de óbitos hoje.

Política