PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Após sessão de radioterapia, Covas se afasta da prefeitura por 10 dias

O prefeito Bruno Covas está em tratamento contra o câncer desde outubro de 2019 - ROBERTO CASIMIRO/ESTADÃO CONTEÚDO
O prefeito Bruno Covas está em tratamento contra o câncer desde outubro de 2019 Imagem: ROBERTO CASIMIRO/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

18/01/2021 18h35Atualizada em 18/01/2021 19h25

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), concluiu hoje mais uma etapa do seu tratamento contra o câncer, após ser submetido a uma sessão complementar de radioterapia.

Covas deverá ficar em repouso pelos próximos dez dias e, por isso, se afastou do cargo de prefeito neste período. A partir de amanhã, seu vice, Ricardo Nunes (MDB), assume a Prefeitura de São Paulo

Segundo boletim médico divulgado hoje, após o período de descanso, o prefeito deve continuar o tratamento que ele vem realizando com imunoterapia. Ele também será submetido a exames de controle.

Bruno Covas foi diagnosticado em outubro de 2019 com câncer na cárdia, que fica na transição entre o esôfago e o estômago. Também foi constatada metástase no fígado. Ele realizou oito sessões de quimioterapia, que duravam 36 horas cada.

Após encerrar esta fase do tratamento, foi constatado que o câncer ainda não havia sido completamente eliminado, e Covas começou o tratamento com imunoterapia, que consiste no estímulo ao sistema imunológico, para que ele produza anticorpos que combatem as células cancerígenas.

O prefeito Bruno Covas vem sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer e Dr. João Luis Fernandes da Silva.

Política