PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Mourão cumprimenta Kamala Harris e fala em fortalecer parceria Brasil/EUA

Vice-presidente Hamilton Mourão disse que  -
Vice-presidente Hamilton Mourão disse que

Do UOL, em São Paulo

22/01/2021 11h55

O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão (PRTB), escreveu uma mensagem no Twitter direcionada à recém-empossada vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, desejando êxito na função.

Mourão ainda disse que pretende fortalecer a parceria bilateral entre os dois países. Harris foi empossada no cargo na última quarta-feira (20), em cerimônia realizada em Washington.

"Meus cumprimentos e votos de pleno êxito a Kamala Harris, recém-empossada vice-presidente dos Estados Unidos. Nossos países têm relações históricas de amizade e cooperação. Estamos prontos para trabalhar pelo contínuo fortalecimento da parceria bilateral", escreveu Mourão.

Sem se referir especificamente a Kamala Harris, Hamilton Mourão já havia comentado a posse do novo governo americano, agora comandado por Joe Biden, dizendo que o país é um importante parceiro comercial e tem um modelo democrático que "é um farol para o mundo ocidental".

A eleição de Biden expôs divergências entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e seu vice. Enquanto o chefe do Executivo insistia na tese de fraude das eleições norte-americanas, na mesma linha de Donald Trump, o vice-presidente adiantou que o governo reconheceria a vitória de Biden "no momento certo".

A fala não agradou Bolsonaro, que expôs o distanciamento com Mourão ao dizer que não havia falado com ele sobre as eleições americanas.

Mourão também antecipou o reconhecimento do novo presidente americano ao dizer, em 4 de dezembro, que a vitória de Biden já tinha sido aceita "tacitamente" pelo governo. Da parte de Bolsonaro, a nota oficial de reconhecimento veio dias depois, em 15 de dezembro, 38 dias depois de Biden vencer as eleições para a Casa Branca.

Bolsonaro cumprimentou Joe Biden na última quarta-feira (20), exaltando a relação entre os dois países e citando valores, segundo ele, em comum, como a defesa da democracia e liberdades individuais.

*Com informações da Estadão Conteúdo.

Política