PUBLICIDADE
Topo

Política

PM tenta remover caminhões bolsonaristas da Esplanada dos Ministérios

9.set.2021 - PMs com ajuda da DER tentam remover apoiadores de Bolsonaro da Esplanada dos Ministérios - Eduardo Militão/UOL
9.set.2021 - PMs com ajuda da DER tentam remover apoiadores de Bolsonaro da Esplanada dos Ministérios Imagem: Eduardo Militão/UOL

Eduardo Militão

Do UOL, em Brasília

09/09/2021 17h29

A Polícia Militar do Distrito Federal tenta no final da tarde de hoje remover dezenas de caminhões de militantes bolsonaristas que estão estacionados na Esplanada dos Ministérios em Brasília. Os policiais estão acompanhados de dois caminhões do DER-DF (Departamento de Estradas e Rodagem do DF).

Dois policiais pediram aos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que tirassem os veículos voluntariamente. Houve protesto e, por volta das 17h10, a negociação continuava.

Os manifestantes começaram a chamar o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), de "comunista". Uma parte dos militantes deixou a frente do Congresso Nacional e foi até o Ministério da Agricultura, onde está instalada uma cozinha comunitária que serve refeições aos militantes.

Um grupo de pessoas fez uma barreira com bandeiras do Brasil para não serem removidas do local. Um homem orientou os manifestantes a não revidar se a polícia chegasse, mas apenas se abaixar ou deitar no chão.

Caminhoneiros e produtores rurais chegaram à Esplanada no dia 7 de setembro para um ato antidemocrático com a participação de Bolsonaro que pediu a cassação dos 11 ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

O combinado com o governo do DF era que eles estacionassem no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, que fica a cerca de 5 km da Esplanada, e no Riacho Fundo, a cerca de 25 km. No entanto, eles desobedeceram o acordo e montaram acampamento na Esplanada.

No próximo domingo (12), está previsto um novo protesto, organizado pelo MBL (Movimento Brasil LIvre), dessa vez contra Bolsonaro.

Política