PUBLICIDADE
Topo

Política

Trevisan: Está cada vez mais evidente que Bolsonaro fez parte de esquema

Colaboração para o UOL

23/09/2021 19h11

A colunista Maria Carolina Trevisan acredita que está cada vez mais evidente que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido-RJ) fez parte de esquema. Ao UOL News, Trevisan repercutiu a reportagem em que mostra que dois ex-assessores do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) moravam, em 2001, em um apartamento que estava, à época, em nome do agora presidente.

As informações cadastrais dos ex-assessores de Carlos Bolsonaro foram obtidas pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) nas investigações e relatadas ao juiz Marcello Rubioli, da 1ª Vara Criminal Especializada, do TJ-RJ. Os investigadores apuram a existência de rachadinha, entrega ilegal de salários dos assessores, e a nomeação deles como funcionários fantasmas.

Para Trevisan, esse fato reflete diretamente no governo Jair Bolsonaro porque há uma percepção de crescimento da corrupção. Conforme uma pesquisa do Datafolha divulgada ontem, a corrupção no país vai aumentar nos próximos meses para 61% dos brasileiros.

"E a corrupção é um tema muito importante para o eleitorado. O eleitorado muda de opinião quando a corrupção aparece. Isso vai ser muito importante no próximo pleito, inclusive se o ex-presidente Lula for candidato, porque ele vai ter que enfrentar essa desconfiança relacionada à corrupção durante toda a campanha eleitoral", disse.

Na avaliação de Trevisan, a corrupção aparece é um tema que os eleitores ficam muito mais ressabiados do que antes. "É por isso que o presidente Bolso vem perdendo popularidade."

Política